Primeiro dia de CTs abertos no Rio tem apenas Flamengo e Bangu em campo; veja o que cada clube fez

0
168

A terça-feira, que teve um novo recorde de mortes por coronavírus com 256 óbitos em 24 horas, foi também o primeiro dia de atividades liberadas pela Prefeitura do Rio de Janeiro nos centros de treinamento após o início da pandemia. Apenas dois dos 16 clubes da Primeira Divisão do Campeonato Carioca foram a campo na data que marca a autorização: Flamengo e Bangu.

Outros três times já têm data para voltar: Vasco, Madureira e Portuguesa. Enquanto nove continuam sem previsão: Botafogo, Fluminense, America, Americano, Boavista, Cabofriense, Macaé, Nova Iguaçu e Volta Redonda. Um clube já não participa mais do campeonato este ano: o Friburguense. E outro não informou sua programação: o Resende. Confira abaixo o que cada um fez nesta terça:

BOTAFOGO

O clube não mudou sua programação e manteve os jogadores alvinegros treinando de forma individual em suas casas, com acompanhamento online da comissão técnica. Há ainda atletas fora do Rio de Janeiro cumprindo o isolamento. A diretoria garante que não irá voltar aos treinos presenciais até o dia 1º de junho.

De volta aos trabalhos desde a segunda-feira, 11 de maio, o elenco do Flamengo tem cumprido protocolos de segurança no dia a dia do CT. Os jogadores rubro-negros não circulam em vestiários, têm veículos higienizados na entrada do Ninho e se trocam em quartos individuais no hotel de concentração. O clube já realizou diversos exames de Covid-19 com os atletas, e nesta terça foi mais um dia normal de atividades.

FLUMINENSE

Assim como o Botafogo, o clube não alterou sua programação e manteve os jogadores tricolores treinando de casa até o fim do mês. Nesta terça, a comissão técnica começou a realizar apenas alguns testes fisiológicos com alguns atletas, mas não há ainda previsão de retorno e tampouco de realizar exames de Covid-19 no elenco.

VASCO

O clube prepara a volta aos treinos em São Januário, que já passou por dedetização, até quinta-feira. Desde a última sexta, a diretoria vem realizando exames de Covid-19 em jogadores, comissão técnica, familiares e funcionários e já tem em mãos a maioria dos resultados. No entanto, nove atletas que estavam fora do Rio e retornaram no fim de semana só foram testados segunda-feira. O Vasco aguarda os resultados completos para definir a programação.

AMERICA

O clube também ainda não retornou aos trabalhos e não tem previsão. A diretoria aguarda a liberação total das autoridades públicas para retomar as atividades, mas vem se preparando e se organizando para se adequar ao protocolo da Ferj. O estádio da equipe já passou pela primeira sanitização, os atletas já fizeram o teste rápido.

AMERICANO

Clube ainda não teve movimentação nesta terça-feira. O município de Campos tem decreto de lockdown, e a equipe também só jogará para cumprir tabela, uma vez que já garantiu permanência na Primeira Divisão estadual.

BANGU

Elenco do Bangu se reapresentou nesta terça em Moça Bonita — Foto: Divulgação/BanguAC

Elenco do Bangu se reapresentou nesta terça em Moça Bonita — Foto: Divulgação/BanguAC

O elenco se reapresentou nesta terça-feira em Moça Bonita e realizou atividades sem bola em campo. Pela manhã, os atletas fizeram testes sorológicos, repetindo procedimento que já havia acontecido nos dias 15 e 22 de maio. O plantel com 23 atletas foi dividido em dois grupos, em horários distintos, para a realização de atividades de reabilitação muscular com equipamentos desinfetados. O grupo ficará concentrado em um hotel pelas próximas duas semanas e fazem o transporte em vans.

BOAVISTA

Ainda não teve atividades nesta terça-feira. Clube está se organizando para voltar aos trabalhos nos próximos dias e vem fazendo a sanitização diária no centro de treinamento (os treinos já vinham sendo no Rio e não em Saquarema). Os jogadores já fizeram o testes rápidos, e a diretoria acerta os últimos detalhes para o retorno.

CABOFRIENSE

Após o arbitral e a reunião com a prefeitura, o clube ainda vai debater internamente as próximas ações. No momento, nenhuma atividade foi retomada. A diretoria também precisa ver questões de decreto municipal, uma vez que Cabo Frio adotou medidas que impedem atividades.

FRIBURGUENSE

Como escapou do rebaixamento na primeira seletiva, e a Copa Rio foi cancelada, o clube não tem mais atividades este ano e atualmente está fechado.

MACAÉ

O clube fez a sanitização na semana passada e os testes da Ferj na última segunda-feira. Está se estruturando para voltar nos próximos dias, mas ainda vendo como ficará a questão do decreto municipal. Não houve atividades nesta terça-feira.

MADUREIRA

Também não houve movimentação nesta terça. O estádio já passou por duas sanitizações, ainda terá mais duas nas próximas semanas, e a previsão é que o clube, que ainda acerta os detalhes finais, recomece as atividades na quinta-feira. Os trabalhos serão retomados com exercícios de reabilitação muscular e fisioterapia, dividindo o elenco em dois grupos diferentes que treinarão em dias alternados.

NOVA IGUAÇU

O clube já fez os testes da Ferj, mas não teve nenhuma movimentação nesta terça-feira e segue sem previsão de retorno aos trabalhos. A diretoria também depende das questões de decreto municipal, uma vez que o município adotou medidas que impedem atividades.

PORTUGUESA

Portuguesa fez sanitização no Luso-Brasileiro para voltar nesta quarta — Foto: André Oliveira

Portuguesa fez sanitização no Luso-Brasileiro para voltar nesta quarta — Foto: André Oliveira

O clube fez uma sanitização na segunda-feira em suas dependências e tem prevista outra nesta quarta, dia em que está marcado para a volta aos trabalhos no estádio. Cada atleta já vai chegar pronto para o treino, faltando só colocar chuteiras e meias, a fim de evitar vestiário. Vai ter aferição de temperatura, grupos de cinco jogadores separados por extremidade do campo. Cada um terá uma vaga fixa no estacionamento, obedecendo a distância.

RESENDE

O clube não quis divulgar o cronograma de retorno nem as medidas que irá tomar.

VOLTA REDONDA

A sanitização da sede do clube foi realizada na quarta-feira passada e serão periódicas. O clube realizou os testes com a equipe medida designada pela Ferj no dia 14 de maio e uma nova bateria de testes está prevista para a representação do elenco, que ainda não tem data para acontecer. Por enquanto, os jogadores seguem treinando de casa com supervisão online.Entenda o caso:

No último domingo,

o prefeito Marcelo Crivella liberou os clubes para “fisioterapia, reabilitação muscular dos atletas e fisioterapia com bola” em seus centros de treinamento a partir desta terça-feira. Os treinos coletivos e rachão só serão permitidos a partir de junho, e também está previsto o retorno do Campeonato Carioca no dia 14 de junho. A maioria dos clubes concordou, menos Botafogo e Fluminense, que são contra um retorno imediato diante do quadro atual da pandemia no Rio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui