PRESO POR VIOLÊNCIA DOMÉSTICA, SURTA E ACABA MORRENDO NA CADEIA PÚBLICA DE MOSSORÓ

0
161
O preso provisório custodiado na Cadeia Pública de Mossoró, Vagner Marinho da Silva de 29 anos, morreu na manhã desta quarta feira 20 de novembro de 2019, no interior da unidade prisional, após surtar devido abstinência de álcool.
Segundo informações da direção do presídio, Vagner Marinho chegou a Cadeia Pública a cerca de cinco dias, depois de ter sido preso e autuado em flagrante por crime de violência doméstica (Maria da penha), praticada contra a sua companheira.
Dois dias depois ele teve um princípio de surto psicótico por abstinência a bebida alcoólica, foi medicado e melhorou. No inicio da manhã de hoje, quarta feira, o preso voltou a surtar e dessa vez de maior intensidade, ficando ele se debatendo pelas paredes da cela.
O Samu foi acionado, mas quando a equipe chegou na unidade prisional, o preso já estava em óbito.
O corpo foi removido, após perícia no local e encaminhado para ser examinado no Instituto Médico legal. Somente após a necropsia é que será definida a causa da morte do preso.
Fim da Linha

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui