Prefeitura de Jardim de Piranhas decreta o fechamento de fábricas, igrejas e parte do comercio

0
270
Prefeitura de Jardim de Piranhas decreta o fechamento de setores da economia local –(FOTO: Naquib Libânio)

O prefeito Elídio Quiroz, decretou o fechamento de diversos setores do comercio da cidade de Jardim de Piranhas, até o dia 29 de julho, por causa do aumento dos casos de COVID-19 no Município. Só nesta segunda-feira (13), 55 pessoas foram confirmadas com a doença. Ao todo, durante a pandemia, 292 pessoas testaram positivo e 05 já morreram.

“CONSIDERANDO a absoluta necessidade de adoção de medidas preventivas mais rígidas”, diz um trecho do Decreto. O documento ainda destaca que Jardim de Piranhas não dispõe de nenhum leito de UTI para tratamento de pessoas em estado grave.

Diante dos números, o gestor suspendeu em todo território municipal, o funcionamento de: Bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres; Academias, centros de ginástica, ginásios, centros esportivos públicos e privados, e estabelecimentos similares; Proibir que se frequente praças públicas, campos de futebol, áreas de lazer pública ou privada, quadras poliesportivas, bem como a circulação de pessoas que não estejam adquirindo bens ou serviços essenciais; A realização de missas, cultos e quaisquer cerimônias religiosas, podendo ser realizado on-line; Suspender o funcionamento de salões de beleza e de estética, barbearias e congêneres; Fábricas e indústrias, exceto as que se destinam a fabricação de EPI’s; Hotéis, motéis, pousadas e similares e lojas de motocicletas.

*Leia AQUI, o Decreto da Prefeitura de Jardim de Piranhas.

Blog Sidney Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui