Prefeito de Fortaleza rebate denúncias sobre respiradores e diz que entrará na Justiça

0
93

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, rebateu denúncias investigadas pela Polícia Federal de que a Prefeitura Municipal e o hospital Instituto Dr. José Frota (IJF) compraram respiradores destinados ao tratamento de pacientes com Covid-19 por valores até quatro vezes mais caros em relação a outras instituições e prefeituras brasileiras.

Roberto Cláudio alegou “motivações políticas” para a chamada Operação Dispneia, e afirmou que entrará na Justiça contra “aqueles que promovem as informações”, que chamou de “falsas” da operação. O prefeito realizou transmissão ao vivo na noite desta segunda-feira (25).

Mais cedo, a Polícia Federal havia deflagrado uma operação que investiga supostos desvios de recursos.

A operação cumpre os mandados em residências, empresas e órgãos públicos nas cidades de Fortaleza e em São Paulo.

G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui