Polícias Civil e Federal prendem suspeito de chefiar facção criminosa em Mossoró na região Oeste Potiguar

0
317

Policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) e da DEFUR de Mossoró participaram, na manhã desta quarta-feira (24), da Operação Vértice coordenada pela Polícia Federal, que resultou na prisão de Everton Fernandes Simão, vulgo Vertinho do Ouro Negro, apontado como o líder de uma facção criminosa que estava sendo investigada dentro da Operação Resistência. O suspeito foi preso em uma residência na comunidade Ouro Negro, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedida pela justiça.

A Operação Vértice foi efetivada mediante a realização de uma Força-Tarefa de Combate ao Crime Organizado, coordenada pela Polícia Federal e em colaboração com a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI/MJSP) e com o Exército Brasileiro.

A Vértice teve como objetivo realizar a prisão do suspeito pela liderança da facção criminosa em Mossoró, vinculada à organização criminosa originada no Estado de São Paulo. A Operação contou com o trabalho de mais de 20 policiais que cumpriram cinco mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva. Os mandados judiciais foram expedidos pela 8ª Vara Federal em Mossoró e pela 2ª Vara Criminal do município.

As investigações revelaram que Everton Fernandes, além de possuir estreita ligação com organização criminosa vinculada ao tráfico de drogas local, estaria supostamente envolvido no planejamento de ataques a agentes de segurança pública e agentes penais no Estado.

De acordo com investigações da Polícia Federal, Everton Fernandes também é investigado por ser suspeito de ter participado do homicídio de um policial penal Federal no ano de 2017, além disso, possui antecedentes criminais, passagem pelo Sistema Penitenciário Federal e se encontrava monitorado por tornozeleira eletrônica, circunstância que não o impediu de continuar praticando crimes.

Com a prisão de Everton Fernandes, a Operação Resistência da DENARC de Mossoró foi finalizada nesta quarta, resultando na prisão de 31 suspeitos e na apreensão de três adolescentes. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fim da Linha

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui