Morre aos 105 anos, Peleca, a matriarca do Fuzil em Juazeirinho. Vídeo

0
175

Morreu no final da tarde desta quinta-feira (27),, no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, aos 105 anos, a juazeirinhense Júlia Clementina da Conceição, a popular Peleca.

Peleca estava internada no Trauma para se recuperar de uma enfermidade, porem não resistiu e morreu.

Ela era considerada a matriarca do Sítio Fuzil, zona norte de Juazeirinho e, mesmo sem nunca ter disputado qualquer cargo eletivo, era tida por muitos como representante desta comunidade, onde foi dona de uma venda por longos anos e recebia uma grande diversidade de pessoas de todas as classes.

A irreverência era a marca registrada de Peleca, sempre alegre e brincalhona, conquistava a todos.

Com o passar dos anos, Peleca perdeu a visão, mas apesar de ficar cega, não perdeu a sua marca registrada: a alegria incomparável.

Ela sofreu uma queda em casa alguns dias atrás e quebrou o fêmur, precisando passar por uma cirurgia no Trauma.

A cirurgia foi um sucesso e ele ficou muito conhecida porque apesar do revés, não parava de cantar e brincar com a equipe médica daquele centro de saúde, cativando a todos.

Recebeu alta, porém passou mal dias depois e foi levada novamente ao Trauma, onde ficou na ala vermelha.

Heleno Lima

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui