Kaká, Diego, Richarlison… Atletas fazem doações em meio a colapso sanitário no Amazonas

0
108

O Amazonas vive um novo surto da Covid-19. As internações bateram recordes, e unidades de saúde ficaram sem oxigênio na última quinta-feira. O Amazonas foi obrigado a enviar pacientes para outros estados. Os cemitérios estão lotados, e instalaram câmaras frigoríficas. Para frear o vírus, o governo decidiu proibir a circulação de pessoas entre 19h e 6h em Manaus.

O colpaso sanitário sensibilizou alguns jogadores, que fizeram doações através de projetos sociais. Segundo o responsável do projeto “Salaada Solidário”, Thiago Gonçalves, ex-jogadores como Kaká, além de atletas como Diego, do Flamengo, Richarlison e Fabinho, da seleção brasileira, e Thiago Galhardo, artilheiro do Brasileirão pelo Internacional, doaram cerca de R$ 100 mil. O objetivo era ajudar na compra de oxigênio, que ainda está em falta.

 Não é só pelo esporte, não é só um jogo. Quando a gente precisou, eles estavam lá, estavam aqui para nos dar apoio e credibilidade para fazer a nossa campanha ganhar corpo, força e voz.

Às vezes estamos apenas remando, mas quando chegam pessoas como o Richarlison, Kaká, Fabinho, que entraram em contato com a gente e falaram: “Vamos apoiar vocês, vamos compartilhar com os nossos amigos e vamos dar o suporte necessário para vocês.”

A gente recebeu esse apoio de artistas, atletas, outros jogadores, muita gente entrando nessa corrente e se identificando com ela. A dor do outro é a nossa dor, não podíamos ficar parados – disse Thiago.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui