Grupo de baleias jubarte é fotografado por pesquisadores no litoral potiguar

0
130

Um grupo com 12 baleias jubarte foi flagrado neste domingo (20) no litoral do Rio Grande do Norte, próximo à praia de Tabatinga, em Nísia Floresta, na Grande Natal. Eram cinco animais adultos e cinco filhotes, segundo pesquisadores ligados ao Projeto Mamíferos Marinhos do RN (Prommarn).

De acordo com o professor Lídio Nascimento, que fotografou o grupo e pesquisa as baleias Jubarte desde 2010, os animais vêm ao litoral brasileiro entre os meses de julho a novembro para reprodução e acasalamento.

Segundo o pesquisador, os animais estão aparecendo com maior frequência no litoral potiguar, desde a proibição da caça de Jubartes no Brasil, no final dos anos 1980.

Baleias jubarte são registradas por pesquisador no litoral potiguar. Entre os animais, filhotes. — Foto: Lídio Nascimento

Baleias jubarte são registradas por pesquisador no litoral potiguar. Entre os animais, filhotes. — Foto: Lídio Nascimento

Com a preservação dos animais, desde então, as baleias foram se reproduzindo e voltando a ocupar espaços que, segundo ele, tinham deixado de ser frequentados. Atualmente, é possível vê-las em todo o litoral brasileiro. Para o pesquisador, um sinal do aumento da população das baleias é a quantidade de filhotes registrada neste domingo (20).

“Além de estarem em maior número, os animais estão vindo mais cedo. As baleias adiantaram em um mês a vinda para o nosso litoral. Antes chegavam entre julho e agosto e agora já estão por aqui entre junho e julho” afirma.

Grupo com 12 baleias jubarte foi registrado no litoral do RN, neste domingo (20). — Foto: Lídio Nascimento

Grupo com 12 baleias jubarte foi registrado no litoral do RN, neste domingo (20). — Foto: Lídio Nascimento

Depois do período de reprodução, segundo o professor, elas migram de volta para a Antártida. É que o litoral tropical não tem a alimentação das baleias – os krills – pequenos crustáceos parecidos com camarões, encontrados nas águas mais frias.

As baleias ficam em um período de jejum e só voltam a se alimentar após o período de acasalamento, com a volta ao polo sul.

No ano passado, os especialistas estimam que 20 mil baleias estavam no litoral brasileiro. Segundo o professor Lídio, ainda não há números sobre as jubartes no Rio Grande do Norte, mas os dados estão sendo analisados e até o final de 2020, haverá um levantamento para contabilizar a presença dos animais no litoral potiguar.

Baleias jubarte são fotografas próximo à praia de Tabatinga, no litoral do RN — Foto: Lídio Nascimento

Baleias jubarte são fotografas próximo à praia de Tabatinga, no litoral do RN — Foto: Lídio Nascimento.

G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui