Gestão do prefeito Batata recebe nota máxima pela segunda vez do MP/GAECO por transparência com os recursos do município

0
167

A Prefeitura de Caicó (RN) mais uma vez atinge nota máxima no monitoramento do Ministério Público do RN em relação aos gastos com o Covid-19.

Nos novos critérios cobrados pelo Ministério Público, a Prefeitura de Caicó subiu para 700 pontos e atingiu novamente a nota máxima exigida pelo MP. Antes do lançamento da nova versão do Sistema Confúcio, a nota máxima era 400 pontos.

O detalhe é que de 167 municípios do Rio Grande do Norte, apenas 17 atingiram a nota máxima, incluindo Caicó.

O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MPRN) atualizou o sistema Confúcio, que averigua os Portais da Transparência sobre os gastos serviços de saúde e de combate à Covid-19, para a versão 1.2. Foram implementadas novas funcionalidades que melhor auxiliarão o monitoramento da utilização do dinheiro público por parte dos Municípios potiguares.

“Mais uma vez atingimos a nota máxima no quesito da transparência e isso aumenta ainda mais a nossa responsabilidade para com o trabalho realizado pela prefeitura de Caicó, onde temos uma grande equipe dedicada e buscando a cada dia cumprir a missão que nos foi confiada pela população”, destacou o prefeito de Caicó, Robson de Araújo (Batata).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui