Doença é avassaladora, diz Carlinhos de Jesus após ficar internado por Covid-19

0
313

Foto: Redes Sociais

O coreógrafo carioca Carlinhos de Jesus, que foi diagnosticado com o novo coronavírus e chegou a ficar quatro dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), disse à CNN nesta quinta-feira (7) que a doença é “avassaladora, traiçoeira e que dói muito”.

“Quando foi decretado o isolamento pelo governo do estado, fui um dos primeiros a dizer ‘para quê isso?’. Estava até me recusando a fechar minha academia. Mas diante do decreto, como cidadão, tive que cumprir. Até que fui acometido. É uma doença avassaladora, traiçoeira, silenciosa e que dói muito”, disse.

Segundo Carlinhos, ele e sua mulher estavam em quarentena desde o dia 19 de março e foi no dia 11 de abril que começaram a sentir os primeiros sintomas, como febre, prostração, falta de olfato e paladar e dores no corpo.

Após cinco dias de tratamento em casa, o casal foi convencido pela irmã da mulher, que é médica infectologista, a ir para o hospital.

“A tomografia indicou que eu estava com 50% dos pulmões tomados e minha mulher, 25%. Fiquei internado por conta do resultado da tomografia”, contou. Já sua mulher teve alta e pôde fazer o tratamento domiciliar.

Por fim, o dançarino recomendou para que as pessoas fiquem em casa e afirmou que o isolamento é a única saída para evitar o avanço da doença no país.

CNN BRASIL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui