Com flexibilização de quarentena, europeus fazem cronograma de volta do futebol

0
205
Robert Lewandowski comemora gol na vitória de sue time, o Bayern Munich, sobre o Union Berlin, numa estádio vazio devido ao coronavírus. 17/5/2020 REUTERS/Hannibal Hanschke

Único torneio nacional entre as grandes ligas europeias que já reiniciou as atividades, a Alemanha teve nesta terça o principal clássico da Bundesliga. O Bayern de Munique venceu o Borussia Dortmund por 1 a 0, abriu 7 pontos de vantagem na liderança e, a 8 rodadas do fim da competição, deu passo importante rumo ao 8º título consecutivo.

Aos poucos, com a flexibilização das regras de quarentena, o torcedor poderá matar a saudade das principais ligas nacionais da Europa. A próxima a anunciar a volta é a Espanha, que marcou o reinício para 11 de junho, com o clássico de Sevilha entre Sevilla e Betis.

Com o achatamento da curva de contágio, o governo espanhol determinou que as ligas profissionais pudessem voltar suas atividades a partir do dia 8 de junho. Um total de 27.117 pessoas já morreram da Covid-19 no país.

Para o retorno das atividades, os clubes estão seguindo um protocolo estabelecido pela liga espanhola a partir da colaboração de vários especialistas. Os jogadores começaram a treinar na semana passada em grupos de dez. Nesta semana, os atletas podem se preparar em grupos de 14.

Na quinta-feira, os clubes da Itália devem aprovar um protocolo de retomada da temporada. O torneio foi interrompido em 9 de março, na 26ª rodada. A Itália foi o país mais atingido pela pandemia do novo coronavírus. O país soma 230.555 infectados e 32.955 mortos segundo dados da Universidade Johns Hopkins.

Um temor dos clubes é com a preparação física dos atletas após o período de dois meses de paralisação com a quarentena. O atacante Ibrahimovic, por exemplo, já se lesionou no treino do Milan de segunda-feira.

O torneio está bastante disputado. A Juventus é a líder, com 63 pontos, um a mais do que a Lazio, que vinha de cinco vitórias consecutivas quando a competição foi interrompida.

A Inglaterra deu nesta semana um passo importante para o retorno da Premier League. Em um universo de 1.744 testes realizados entre jogadores e membros de comissão técnica, apenas 8 (ou 0,45%) deram positivo para a Covid-19.

Nesta quarta, os clubes vão votar a volta de treinamentos com contato físico. Caso haja concordância com essa retomada, a Premier League deve desenvolver um cronograma para o retorno do campeonato.

O Liverpool praticamente já assegurou o título da temporada. A equipe de Firmino e Salah lidera o torneio com 82 pontos, 25 a mais do que o vice-líder Manchester City (que tem um jogo a menos). Faltam nove rodadas para o final.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui