Bombeiros recebem reforço da Marinha para encontrar homem que desapareceu no açude Gargalheiras, no interior do RN

0
344

Equipes do Corpo de Bombeiros de Caicó continuam as buscas nesta terça-feira (14) por Jácio Mamede Galvão, de 62 anos, que está desaparecido desde a tarde de domingo (12). O homem saiu para um passeio de lancha no açude Gargalheiras, no município de Acari, região Seridó do Rio Grande do Norte, e não foi mais visto.

No segundo dia de buscas, os bombeiros de Caicó receberam o reforço da Capitania dos Portos da Marinha e de uma equipe de bombeiros de Natal. Além disso, os mergulhadores têm o apoio de pescadores e da população para tentar localizar Jácio Mamede.

Na segunda-feira (13), os bombeiros passaram cerca de oito horas fazendo buscas no açude, mas não conseguiram achar o homem. A lancha também não foi encontrada, os militarem localizaram apenas fragmentos da embarcação e uma sacola com uma máscara e R$ 50.

De acordo com o subcomandante do Corpo de Bombeiros de Caicó capitão Lima Verde, a história poderá ter um desfecho nos próximos dois dias.

“Temos esperança de encontrá-lo com vida, mas existe a possibilidade dele ter se afogado. O açude está com um grande volume de água devido as últimas chuvas e a extensão do reservatório dificulta as buscas, mas é possível que o encontremos nas próximas horas. Nos casos de afogamento, o corpo emerge à superfície em 48 horas”, detalha.

O reservatório Marechal Dutra, conhecido como Gargalheiras, tem capacidade para 44,4 milhões de metros cúbicos de água e, segundo o Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), estava com quase 15 milhões m³ no último dia 6 de julho, após as chuvas deste ano.

Açude Gargalheiras, em Acari — Foto: Heráclito Patrício

Açude Gargalheiras, em Acari — Foto: Heráclito Patrício

G1 RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui