Após rompimento com a Nike, Neymar assina contrato com a Puma

0
187

A marca de artigos esportivos Puma assinou contrato de longo prazo com Neymar Jr neste sábado. O jogador brasileiro, que veste a camisa do Paris St Germain e da seleção brasileira, passará a usar chuteiras da marca após ele encerrar contrato de 15 anos que tinha com a Nike.

O posicionamento do atleta como protagonista no esporte, sua influência nas redes sociais e a exposição de sua imagem em diferentes segmentos gera ganho de mercado para a marca, segundo especialistas ouvidos pelo GLOBO. Além disso, Neymar deve ser o rosto da Puma na Copa de 2022.

O jogador brasiieiro passará a rivalizar na bilionária indústria do marketing esportivo com Cristiando Ronaldo, astro do Juventus, que se consolida como principal rosto da Nike.

No comunicado, a companhia afirma que Neymar é um dos atletas de maior sucesso da sua geração e que também será um embaixador da marca fora de campo.

“Neymar Jr. ingressar em nossa família Puma é fantástico”, disse Bjørn Gulden, presidente executivo da Puma. “Ele é um dos melhores jogadores do mundo e extremamente influente para o futebol global e a cultura jovem. Estamos muito animados e ansiosos para trabalhar com ele dentro e fora do campo.”

Ao longo de sua carreira, o jogador se posiciona como estrela principal nos clubes. A mudança para a Puma demonstra a busca de Neymar pelo lugar de destaque, explica Pedro Daniel, diretor-executivo de Esportes da consultoria EY.

— Neymar se posiciona como protagonista, nunca como coadjuvante. A Nike tem o Cristiano Ronaldo e na Puma ele vira a grande estrela. O jogador se apresenta como uma marca extremamente interessante para a Puma, no sentido de colocá-la como uma protagonista em diversas frentes. É uma relação de ganha-ganha.

Aos 28 anos, Neymar tem 142 milhões de seguidores no Instagram e 63 milhões no Facebook, uma exposição preciosa para seus patrocinadores, como Red Bull, DAZN, Diesel ou Qatar Airways.

O valor do contrato não foi divulgado, mas para o consultor de gestão e finanças do esporte do Itaú BBA Cesar Graffieti, o montante deve ser multiplicado pelo volume de vendas finais que o jogador proporciona.

— O impacto de mídia que ele causa é enorme, movimenta milhares de fãs nas redes sociais, tem dezenas de patrocinadores e isso movimenta muito dinheiro. Sem contar que passa a ser “embaixador” da marca na próxima Copa do Mundo.

Nas redes sociais, o jogador afirmou “The KING is Back” (O rei está de volta) e falou sobre o impacto que grandes nomes do futebol como o brasileiro Pelé e argentino Maradona tiveram em sua vida e sua decisão de seguir seus passos por meio de parcerias com a Puma.

“Cresci assistindo a vídeos de grandes lendas do futebol”, afirmou em vídeo referindo-se a Pelé, Cruyff, Matthäus, Eusébio e Maradona. “Estes foram os REIS do campo, os REIS do meu esporte. É exatamente isso que tenho sonhado para mim. Eu quero fazer do meio jeito. Desejo trazer de volta o legado que aqueles atletas criaram em campo.”

A revista Forbes, que coloca o atacante do PSG em 7º lugar entre as celebridades mais bem pagas do mundo, estima sua receita para este ano em 95,5 milhões de dólares, incluindo acordos de patrocínio.

O GLOBO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui