Sorteio de árbitro da semifinal gera novo desgaste entre Flamengo e CBF: ”Absolutamente revoltante”

136

Depois de expor publicamente o desconforto com a decisão da CBF de manter a semifinal da Copa do Brasil para a próxima quarta-feira, o Flamengo se mostrou incomodado novamente com a entidade. O novo desgaste envolve a definição do árbitro do jogo diante do Corinthians, no Maracanã. Por sorteio, Bráulio da Silva Machado apitará o confronto.

O sorteio não caiu bem para o presidente Eduardo Bandeira de Mello. Explica-se, em junho deste ano, o próprio dirigente disparou contra a atuação do juiz catarinense no confronto entre Flamengo e Palmeiras, em São Paulo. Na época, Bandeira questionou a falta de critério do árbitro e citou especificamente o lance de uma entrada dura de Felipe Melo em Vinicius Junior, punida com cartão amarelo. O presidente disse que o jogador alviverde deveria ter ”saído de camburão do estádio”.

Houve também questionamento em relação ao acréscimo de tempo. O árbitro encerrou a partida antes do que havia assinalado após a expulsão do goleiro alviverde Jaílson. A partida foi encerrada quando o Rubro-Negro tinha a bola, cauiando irritação do lado dos cariocas. Com a arbitragem confusa, houve confusão e expulsões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here