POLÍTICA Candidato ao Senado pelo PSDB, Beto Richa é preso no PR

179

Beto Richa e Fernanda Richa foram presos pelo Gaeco no prédio onde moram, em Curitiba (Foto: Tarcisio Silveira/RPC)

Beto Richa e Fernanda Richa foram presos pelo Gaeco no prédio onde moram, em Curitiba (Foto: Tarcisio Silveira/RPC)

O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) foi preso nesta terça-feira (11), em Curitiba. Ele é candidato ao Senado.

A esposa de Beto Richa, Fernanda Richa, e Deonlison Roldo, que é ex-chefe de gabinete do ex-governador, também foram presos.

As três prisões são temporárias, com validade de cinco dias.

Beto Richa foi preso nesta terça-feira (11) (Foto: Reprodução/RPC)

Beto Richa foi preso nesta terça-feira (11) (Foto: Reprodução/RPC)

Os mandados de prisão contra Beto Richa e Fernanda Richa foram cumpridos pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). É uma investigação sobre o programa Patrulha Rural.

G1 tenta contato com a defesa defesa deles.

Nesta manhã, também foi deflagrada a 53ª fase da Operação Lava Jato que cumpre três mandados de prisão em Curitiba. Mas, até o momento, não se sabe quais são os alvos.

53ª fase da Lava Jato

Batizada de “Piloto”, a 53ª etapa da Lava Jato cumpre 36 mandados judiciais em Salvador (BA), São Paulo (SP), Lupianópolis (PR) Colombo (PR) e Curitiba (PR).

De acordo com a Polícia Federal (PF), o objetivo da investigação é a apuração de suposto pagamento milionário de vantagem indevida no ano de 2014, pelo Setor de Operações Estruturadas do Grupo Odebrecht.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here