Polícia Civil prende homem e apreende adolescente suspeitos de morte de agente penitenciário em Natal

47

A Polícia Civil prendeu um homem e apreendeu um adolescente nesta quinta-feira (10), em Natal e Parnamirim, que são suspeitos de participar da morte do agente penitenciário Paulo Roberto, no dia 15 de dezembro passado. Paulo Roberto Da Silva Rocha foi assassinado na calçada de casa, em Candelária, na Zona Sul da capital.

A Divisão de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP) chegou aos dois através de uma denúncia. Segundo a polícia, o homem é traficante de drogas e teria oferecido R$ 1 mil ao adolescente para que ele o ajudasse a matar o agente penitenciário. O motivo era vingança.

De acordo com o delegado Frank Albuquerque, que conduziu as investigações, os dois disseram em depoimento que Paulo Roberto teria agredido o irmão do traficante, que é carroceiro. Depois disso o traficante chamou o adolescente e ofereceu a quantia para matar o agente. Contudo só teriam sido pagos R$ 300 em espécie e o equivalente a mais R$ 300 em maconha.

Após as denúncias, os investigadores chegaram ao morro do bairro Planalto, Zona Oeste de Natal, onde estava o traficante. O adolescente foi apreendido em uma abordagem em Parnamirim, na região Metropolitana. Os dois usaram uma motocicleta para cometer o crime juntos.

Os suspeitos falaram nos depoimentos que conseguiram descobrir onde o agente penitenciário morava após monitorar o percurso da vítima para o trabalho. Muitas vezes Paulo Roberto ia e voltava a pé e fardado ia para o Centro de Detenção Provisória de Candelária, onde era lotado, por causa do trajeto curto. A investigação continua e os investigadores devem ouvir ainda outras pessoas.

G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here