Moradores denunciam assaltos e abusos em rua do Alecrim

157

Moradores e pessoas que passam pela Rua Presbítero Arthur Dumaresq estão assustados com o grande número de assaltos e abusos sexuais, que ocorrem desde janeiro deste ano. A situação chegou a tal ponto que uma faixa com os dizeres “Ao entrar neste trecho cuidado! Risco de ser assaltado ou ser molestada sexualmente”.

A faixa foi fixada pela mãe de uma das vítimas que denunciou a falta de segurança no local que segue registrando ocorrências. E segundo testemunhas, o suspeito é um homem alto, moreno, de olhos castanhos e rosto arredondado que atua em uma motocicleta.