Filipe Toledo é campeão da etapa de Saquarema do Mundial de Surfe

80

SAQUAREMA – Deu Brasil de novo. Filipe Toledo repetiu a dose do ano passado e venceu o Oi Rio Pro, etapa brasileira do circuito mundial de surfe, disputada na praia da Barrinha, em Saquarema. Na decisão, Filipinho não deu chances ao sul-africano Jordy Smith. Esse foi o terceiro título de Filipe no Brasil – ele havia vencido já no Postinho, no Rio, em 2015. Com a vitória, o brasileiro chegou ao terceiro lugar no ranking da WSL, com 27,195 pontos.

Foi mais um dia longo de competições em Saquarema. Mal havia amanhecido e a primeira bateria das quartas de final do feminino já estava na água. As ondas na Barrinha estavam menores do que no sábado, mas fechando demais. Encontrar espaço para uma manobra era quase tão difícil quanto achar espaço na areia da praia, lotada por um público que parecia curtir cada momento do evento.

Eu cheguei doente, ainda estou um pouco fraco, mas cada vez que passava em frente à torcida recarregava a energia. É maravilhoso fazer parte disso — elogiou o campeão da etapa.

Em ondas que fechavam rápido, a vantagem se anunciava para Filipinho, surfista mais veloz do circuito. Foi um dos poucos a conseguir sair de um tubo e ainda acertar uma manobra de força logo depois. E o paulista ainda tem o talento para fazer parecer fácil acertar os aéreos que ele completa. Seria difícil alguém derrotar Filipinho naquelas condições.

Atual campeão mundial, Gabriel Medina havia declarado antes do campeonato que já não podia errar, após um começo irregular de temporada. Neste domingo, ele errou na escolha de ondas e em algumas tentativas de aéreos. Perdeu de virada para o americano Kolohe Andino nas quartas de final e deixou a praia sem falar com a imprensa.