Falsa grávida estava “gestante” de 164 celulares para entrar em presídio

3396

Um presídio no Ceará recentemente passou por uma vistoria que apreendeu mais de quatrocentos celulares. Os detentos, então, se organizaram para obter novos aparelhos de um jeito bem ousado – com uma falsa grávida.

Segundo o G1, uma mulher foi detida em flagrante neste domingo (7) tentando entrar com 164 celulares, 109 chips e 50 carregadores em uma prisão de Itaitinga, na região metropolitana de Fortaleza.

Os aparelhos – que pesavam 20 kg no total – estavam presos em uma cinta amarrada no abdômen da mulher e em um short por baixo do vestido que ela usava. Durante a vistoria, ela disse que estava grávida, mas não convenceu.

A mulher, de 30 anos, alega não ter nenhum parente na CPPL I (Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto I). Ela diz que está desempregada, e que um homem a abordou numa feira de confecções em Fortaleza oferecendo uma moto para ela fazer a entrega. A mulher foi encaminhada à Delegacia Metropolitana de Maracanaú, e a polícia investiga o caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here