Ex-prefeito afirma que prestação de contas do PNAT/2004 era pro município ter feito em 2005, quando já não era mais prefeito

255

O Blog Suébster Neri, entrou com contato com o ex-prefeito de Caicó Roberto Germano, após a informação que o Município de Caicó, teria o representado junto ao Ministério Público Federal, por irregularidade na prestação de contas do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (PNAT), referente ao ano de 2004 (último ano da primeira gestão de Roberto Germano), a despeito do relatório de fiscalização nº 322, da CGU.

O ex-prefeito declarou que a prestação de contas de 2004, deveria ter sido feita pelo próprio município, no ano de 2005, quando ele já não estava mais como gestor. “Isso é uma prestação de contas, de sete mil reais do PNAT, que era de transporte de estudante, foi que nós recebemos no ano de 2004, que deveria ser prestado em 2005, então eu já não era mais nem prefeito, quando deveria ter sido feita essa prestação de contas. Mesmo que deveria sido, ele já prescreveu, já são 13 anos, quando for notificado justificando que não cabia mais a mim fazer a prestação de contas e sim o município de Caicó. Estou tranquilo em relação a isso”, declarou Roberto Germano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here