Corinthians não suporta pressão e perde no Chile

62

O fantasma das eliminações nas oitavas de final da Taça Libertadores ronda o Corinthians novamente. Sem inspiração no ataque e com um jogador a menos desde os oito minutos do segundo tempo (Gabriel foi expulso), o Timão perdeu por 1 a 0 para o Colo-Colo, nesta quarta-feira, em Santiago, e vai precisar virar vencer por dois gols de diferença em Itaquera para continuar no principal torneio sul-americano.

A desvantagem mínima no Chile pode ser colocada na conta do goleiro Cássio. O gigante brilhou com ótimas defesas, principalmente no fim do jogo, e evitou uma derrota pior. Carmona marcou para os donos da casa.

E AGORA?

O jogo da volta está marcado para o dia 29 de agosto. Se vencer por 1 a 0, o Corinthians leva a decisão para os pênaltis. Lembrando que o critério de desempate do gol fora de casa está valendo.

Ou seja, caso os chilenos marquem ao menos uma vez em São Paulo, o Timão necessitará fazer três para ficar com a vaga (3 a 1 ou 4 a 2, por exemplo). O vencedor enfrenta Palmeiras ou Cerro Porteño, do Paraguai, nas quartas de final.