Bicampeão! Paulo Victor brilha nos pênaltis, Grêmio bate o Inter e fatura o Gauchão

253

Tente lembrar um Gre-Nal mais emocionante que o de número 420, disputado na noite desta quarta-feira, na Arena. Depois de perder um pênalti no tempo normal, empatar novamente com o Inter em 0 a 0 no segundo jogo da decisão, o Grêmio venceu por 3 a 2 na disputa de penalidades máximas e é campeão gaúcho pelo segundo ano seguido. O goleiro Paulo Victor foi o herói do 38º título estadual com três defesas em cobranças dos colorados.

A palavra “pênalti” não poderia ser mais definitiva para o Gre-Nal 420. O segundo clássico da final do Gauchão foi decidido na marca da cal – e com um toque de polêmica do VAR. Aos 23 minutos do segundo tempo, Bruno Cortez foi puxado na área por Guilherme Parede. O árbitro Jean Pierre Lima revisou no VAR e concedeu o pênalti ao Grêmio.

Porém, Marcelo Lomba apareceu como candidato a herói ao defender a cobrança de André. Com novo 0 a 0, a definição do campeão foi feita nas penalidades máximas. Aí, a situação se inverteu.

Paulo Victor defendeu as cobranças de Camilo, Cuesta e Nico López, enquanto Sobis e Guerrero acertaram pelo Inter. No Grêmio, Everton e Michel perderam, mas Tardelli, Matheus Henrique e André garantiram a taça.a