Açude de Poções sangra e libera águas da transposição para outros reservatórios da Paraíba

139

O Açude de Poções, localizado em Monteiro, no Cariri da Paraíba, transbordou durante o fim de semana, segundo informou o presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), João Fernandes, na tarde desta quarta-feira (7).

Segundo ele, as águas da transposição do Rio São Francisco começaram a serem liberadas e devem chegar ao reservatório de Camalaú.

Segundo o gestor, Monteiro recebe 2 mil litros cúbicos de água por segundo. Ele lembra que precisou ir a Brasília solicitar que o volume aumentasse. Quando as águas chegarem em Camalaú, deve transbordar para o Açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão, que abastece Campina Grande e outros 18 municípios.

Em outubro deste ano, o gestor afirmou que o volume de água que chegava a Monteiro, no Cariri da Paraíba, era de 250 litros por segundo e que a quantidade era baixa, já que a vazão no local já havia sido de 6,8 mil litros por segundo. De acordo com a Aesa, o volume não garantia que a água chegasse ao Açude de Poções.

Na ocasião, ele participou de uma reunião com o Comitê Gestor de Integração do Rio São Francisco e cobrou o aumento da vazão, em Monteiro, para até 4 mil litros cúbicos de água por segundo.

G1 PB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here